INÍCIO

Vencer é uma obrigação.

O que é vencer? Algumas pessoas atribuem a palavra a derrotar alguém. Outras atribuem a conquistar algum pertence luxuoso de valor. Para este homem, vencer não apenas uma forma de superação. É resistência.

Globo Esporte: Atleta paralímpico gaúcho entra para o livro dos recordes!

CLIQUE E VEJA O VIDEO

 

993762_353761634726877_2103311025_nCarlos Roberto Oliveira virou o grande paralímpico Carlão quando começou a competir no Paradesporto, em 1986. Antes, era um garoto sem sonho, um menino que com apenas um ano e meio havia sofrido de poliomelite. A doença, que comprometeu 100% em MID (Membro Inferior Direito) e 30% em MIE (Membro Inferior Esquerdo), não atrapalhou sua dedicação aos esportes. Pelo contrário, foi um dos elementos que o motivou a ser um supercampeão.

Após ter praticado basquete em cadeira de rodas e natação em mar aberto, Carlão foi aos poucos encontrando sua modalidade favorita: a maratona de cadeirantes. Primeiro, passou pelas provas de 800 e 1.500 metros em pista, sendo diversas vezes campeão brasileiro. Depois, experimentou os 5.000 e os 10.000 metros, também obtendo resultados significativos.

Quando escolheu a maratona nos anos 90, seu espírito guerreiro e sua determinação incomum se aliaram de tal forma que ficou impossível derrotá-lo. Nascia o invencível Carlão. Exemplo de superação, de caráter, de lealdade e de profissionalismo. Multicampeão em Porto Alegre, campeão em Nova York / Miami / Japão e colecionador de títulos em diversas cidades brasileiras, Carlão é um vencedor. É um ídolo para as milhares de pessoas portadoras de deficiência no Brasil.

O esporte tem dado o norte em minha vida, influindo positivamente no meu cotidiano, é dele que tiro muitas diretrizes para tocar a minha vida, foi através dele que galguei espaços na sociedade, é por causa dele que sou muito conhecido no Brasil e exterior, foi ele também que me levou aos quatro cantos do planeta.

Sou um cara que gosto dos ditados, pois a esmagadora maioria deles foi proferida por pessoas inteligentes, dentre eles existem 3 que me acompanham no dia a dia:

 1 – Não existe trabalho, sério, sem recompensa;

2 – O difícil demora um tempo.O impossível um pouco mais;

3 – Medo??? JAMAIS…

Carlão Oliveira

PROGRAMA DA ELIANA NO SBT

*******************************************************************

Texto en español

Hola Invitado,

Me llamo CARLOS ROBERTO OLIVEIRA, más conocido en el deporte como Carlão.

Corro maratón en una silla de ruedas, ya que con un año y medio tuve la polio, que me dejó secuela, que afecta a los movimientos de ambas piernas, derecha e izquierda del 100% al 35%, siguen afectando a mi tronco equilibrio. Competir en una silla de ruedas, fue la única opción con el fin de participar en carreras de larga distancia, que és mi pasión.

El deporte ha dado el norte en mi vida, influyendo positivamente en mi vida diaria, fue a través de él que me subí espacios en la sociedad y gracias a él soy muy conocido en Brasil como en el extranjero, fue él quien me llevó a los cuatro rincones del planeta.

Soy un tipo que me gusta de frases fuertes y dictados, porque la inmensa mayoría de ellos fueron hablados por personas inteligentes, entre ellos tres son los que me acompañan día a día:

1 – No hay trabajo, en serio, sin recompensa;
2 – El tiempo.El imposible duro tiene un estilo más cierto;
3 – Miedo? NUNCA ..

.

*******************************************************************

 

Nome esportivo: Carlão
Nome completo: Carlos Roberto Oliveira dos Santos
Aniversário: 6 de junho
Local de nascimento: Cruz Alta (RS) – Brasil
Altura: 1,80 m
Peso: 78kg
Modalidade: Maratonista em cadeira de rodas Treinador: Prof. Eduardo Leonel
Parceiros: Knesio Elastic Tape, Cia Athletica Equipamentos: Cadeira de Rodas inglesa Draft, modelo 2013 com rodas traseiras e dianteira Corima.
Corridas na carreira: 58 maratonas e 225 provas curtas Vitórias na carreira: 37 maratonas e 162 provas curtas
Recorde mundial aferido pelo Guinnes Book – Edição 2013/2104 -Maior distância percorrida em cadeira de rodas em esteira – Agosto/2013